ECONOMIA

CSN, Gerdau e Usiminas têm perspectiva revisada para negativa pela S&P

A forte desaceleração da atividade industrial e de construção por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) reduzirá drasticamente a demanda de aço em 2020, disse a agência de classificação de risco S&P. Ela também revisou para negativa as perspectivas das siderúrgicas CSN, Gerdau e Usiminas.

 Placas de aço exportadas no Porto do Pecém.

Placas de aço exportadas no Porto do Pecém.

"Como as siderúrgicas brasileiras estão se adaptando ao novo cenário, com algumas paralisações de capacidade e cortes de custos e investimentos para economizar dinheiro", afirma a Agência. O CreditWatch...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora