SEGURANÇA

Comissão aponta Aurizona como responsável por incidente com barragem no MA

A Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) disse que houve “negligência sistêmica” da Mineração Aurizona, subsidiária da Equinox Gold, para o transbordamento da barragem Lagoa do Pirocáua, em Godofredo Viana (MA), e contaminação do abastecimento de água da vila de Aurizona, em março do ano passado.

 Barragem da mina de ouro Aurizona, da Equinox, que se rompeu no Maranhão/Divulgação

Barragem da mina de ouro Aurizona, da Equinox, que se rompeu no Maranhão/Divulgação

O documento, publicado no Diário Oficial da União (DOU) na segunda-feira (9), foi aprovado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e será encaminhado para os Ministérios Públicos Estadual...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora