Presidente da CBPM projeta R$ 500 milhões ao ano com Fiol

A operação da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) deve gerar para a Bahia R$ 500 milhões por ano, conforme projeção feita pelo presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Antonio Carlos Tramm. O executivo também destacou o recolhimento que o estado terá de Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (Cfem) pela produção de minério de ferro na região.

Presidente da CBPM projeta R$ 500 milhões ao ano com Fiol Presidente da CBPM projeta R$ 500 milhões ao ano com Fiol Presidente da CBPM projeta R$ 500 milhões ao ano com Fiol Presidente da CBPM projeta R$ 500 milhões ao ano com Fiol Presidente da CBPM projeta R$ 500 milhões ao ano com Fiol

Obras em trecho da Fiol na Bahia/Divulgação

"A Fiol vai trazer toda a produção mineral da Bahia, uma boa parte que só depende mesmo da ferrovia para começar acontecer, diretamente para o porto.

article_image