EXECUTIVOS

MPF recorre de decisão que livrou Schvartsman de ação criminal

Procurador alega 'omissão, obscuridade e contradição' na concessão de habeas corpus

Fabio Schvartsman

Ex-presidente da Vale Fabio Schvartsman/Divulgação

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu da decisão que excluiu o ex-presidente da Vale Fábio Schvartsman do processo por homicídio relacionado ao rompimento da barragem B1 da mina Córrego do Feijão...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora