EMPRESAS

TJ mantém condenação milionária a mineradoras por danos ambientais no Amapá

O Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) manteve a condenação da Mineração Pedra Branca do Amapari (MPBA) e da Anglo Ferrous Amapá Mineração, com multas de R$ 16 milhões, por causarem danos ao meio ambiente por meio da exploração de ferro e ouro durante o projeto Amapari.

 Operação de minério de ferro da antiga Zamin/Divulgação

Operação de minério de ferro da antiga Zamin/Divulgação

A MPBA, sucedida pela Beadell Brasil e posteriormente pela Great Panther, foi condenada a pagar multa de R$ 6 milhões. A Anglo, sucedida pela Zamin Amapá Mineração, por sua vez substituída pela Dev Mineração...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora