BRASIL

Brazil Minerals pode se tornar a maior companhia de diamantes da América Latina, diz estudo

A Brazil Minerals está posicionada para se tornar a maior companhia de diamantes da América Latina em receita e lucro, de acordo com relatório do Goldman Small Cap Research publicado ontem (24). O documento destaca, entre os pontos principais da empresa, a estratégia de vender diamantes polidos não-certificados para compradores privados no Brasil, medida que criou um novo canal de vendas para a mineradora.

Brazil Minerals pode se tornar a maior companhia de diamantes da América Latina, diz estudo

“A margem bruta da Brazil Minerals alcançou 69% no terceiro trimestre de 2014 e as recentes táticas e estratégias garantem ganhos operacionais futuros. De fato, o objetivo inicial da Brazil Minerals é se tornar a maior companhia de diamantes da América Latina em receita e lucro”, disse Rob Goldman, analista responsável pelo relatório do Goldman Small Cap Research sobre a Brazil Minerals.

O documento mencionou que a estratégia da empresa de aumentar a porcentagem de diamantes polidos vendidos em relação aos diamantes brutos tem gerado dividendos maiores para os acionistas da companhia. A Brazil Minerals vende periodicamente diamantes polidos certificados pelo Geomological Institute of America (GIA) para compradores privados nos Estados Unidos e diamantes polidos não-certificados para uma joalheria brasileira que tem 11 lojas e está no mercado desde 1944.

Nas últimas duas semanas, de acordo com o relatório, a Brazil Minerals vendeu diamantes polidos não-certificados para compradores privados conhecidos no Brasil, fator que resultou na criação de um novo canal de vendas para a empresa.

O relatório do Goldman Small Cap Research destacou a estratégia da Brazil Minerals na obtenção da licença ambiental necessária para extrair e comercializar areia da mina de ouro e diamante Duas Barras, em Olhos D'Água (MG), que é operada pela subsidiária Mineração Duas Barras (MDB). Segundo o estudo assinado por Goldman, a mina de Duas Barras possui grande quantidade de areia de alta qualidade, um componente essencial para o cimento utilizado pela indústria de construção.

A Brazil Minerals é a única empresa que se dedica exclusivamente à extração de ouro e diamante no setor de mineração brasileiro e a única companhia de ouro e diamante de capital aberto do Brasil.

Em 12 de setembro, a Brazil Minerals adquiriu 100% de participação na MDB. A mineradora pagou US$ 200 mil em dinheiro e emitiu cerca de 2,14 milhões de ações para adquirir os 13,2% restantes da companhia. A MDB é o primeiro ativo operacional e gerador de receita que pertence completamente à Brazil Minerals.

Além da mina Duas Barras, que fica a 130 quilômetros de Diamantina (MG), a empresa é proprietária de direitos minerários em Borba, área com potencial de ouro no Amazonas.