SEGURANÇA

Abin aponta ligação entre garimpo ilegal no PA e atos golpistas

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) encontrou indícios que ligam o garimpo ilegal aos atos realizados em Brasília (DF) no dia 8 de janeiro, quando houve as invasões dos prédios da Presidência da República, do Supremo Tribunal Federal (STF e do Congresso Nacional. Conforme relatório do órgão, redes de empresas e empresários que estão envolvidos com as atividades minerais ilegais financiaram as manifestações antidemocráticas por causa do resultado das eleições presidenciais do ano passado.

 Grupos invadiram as sedes dos Congresso, STF e Presidência em Brasíla em 8 de janeiro/Agência Brasil

Grupos invadiram as sedes dos Congresso, STF e Presidência em Brasíla em 8 de janeiro/Agência Brasil

De acordo com o documento, datado de 2 de março de 2023, os empresários Roberto Katsuda e Enric Lauriano estão diretamente associados ao garimpo ilegal no Estado. Também têm vínculos com políticos e com...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora