SEGURANÇA

PF cria biblioteca do ouro para identificar origem e auxiliar investigações

A Polícia Federal (PF) criou uma biblioteca com amostras de ouro do Brasil e de outros países das Américas com o objetivo de mapear onde foi extraído o ouro apreendido e evitar a extração ilegal do precioso metal, assim como ajudar a solucionar investigações.

Outoteca vai facilitar a identificação de ouro ilegal/Divulgação

Outoteca vai facilitar a identificação de ouro ilegal/Divulgação

Esse conhecimento sobre o local de extração do ouro pode ser revelado com o uso de reagentes, microscópios e através de um equipamento que usa o espectro do raio-x, que mostra a forma dos grãos e a composição...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora