PRODUÇÃO

Brasil cobre quase toda demanda mundial de nióbio

A Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM) produziu no ano passado 100 mil toneladas de nióbio, montante quase suficiente para atender todo o mercado mundial, que consumiu 110 mil toneladas no período. Grande parte do que o Brasil produz do produto vem da planta industrial da CBMM, localizada em Araxá, Minas Gerais.

Planta da CBMM, que explora nióbio em Araxá (MG)/Divulgação

Planta da CBMM, que explora nióbio em Araxá (MG)/Divulgação

De lá saíram, nos dez primeiros deste ano, 86 mil toneladas de pirocloro, que dá origem, após muitos processos químicos e metalúrgicos, ao ferronióbio (FeNb) ou óxido de nióbio, metal de transição com...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora