Minério de ferro de Simandou volta ao radar da China

Após dez anos de luta e pouco progresso no co-desenvolvimento de Simandou, principalmente entre a Rio Tinto e a Aluminium Corporation of China Limited (Chalco), o gigantesco depósito de minério de ferro na Guiné voltou ao radar da comunidade mundial que atua com a matéria-prima siderúrgica e, coincidentemente, emergiu com o reajuste nos preços globais do insumo nos últimos dois anos.

Minério de ferro de Simandou volta ao radar da China Minério de ferro de Simandou volta ao radar da China Minério de ferro de Simandou volta ao radar da China Minério de ferro de Simandou volta ao radar da China Minério de ferro de Simandou volta ao radar da China

Projeto de minério de ferro em SImandou, na Guiné

As empresas chinesas da comunidade de metais ferrosos e não-ferrosos reacenderam seu interesse em explorar os recursos de minério de ferro no exterior e o projeto de aço

article_image