ANM quer requerimentos analisados em até 34 dias

O diretor da Agência Nacional de Mineração (ANM), Tomás de Paula Pessoa, afirmou, na segunda-feira (2), durante palestra na 88ª convenção da Prospectors & Developers Association of Canada (PDAC 2020), que dentre os avanços regulatórios e sustentabilidade no setor mineral brasileiro está o objetivo de analisar e liberar requerimentos em até 34 dias.

ANM quer requerimentos analisados em até 34 dias ANM quer requerimentos analisados em até 34 dias ANM quer requerimentos analisados em até 34 dias ANM quer requerimentos analisados em até 34 dias ANM quer requerimentos analisados em até 34 dias

Tomás de Paula Pessoa, diretor da ANM, em palestra na convenção do PDAC 2020

"Entre 2002 e 2018, o DNPM levava em torno de 344 dias para as análises de pedidos. Nosso objetivo é ir além e liberarmos esses requerimentos em até 34 dias", afirmou.