GERAL

CURTAS: Vale apresenta projetos em MG para analistas e investidores

Leia nas Curtas de hoje: Prumo Logística fatura R$ 2,1 milhões no segundo trimestre; Surgold inaugura instalações de projeto de ouro no Suriname; Gestão do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará renova mandato.

CURTAS: Vale apresenta projetos em MG para analistas e investidores

Vale apresenta projetos em MG para analistas e investidores

Analistas e investidores de mercado participaram no dia 7 de agosto da 14ª edição do Analyst & Investor Tour na unidade da Vale em Itabira (MG). Na ocasião, cerca de 70 visitantes foram informados sobre a evolução da produção da companhia em Minas Gerais para viabilizar o aproveitamento do minério itabirito mais compacto. Segundo a Vale, desde a década de 1980, parte desse produto foi disposto em pilhas de estéril para posterior aproveitamento. Diretores da mineradora apresentaram também os investimentos da empresa no Estado, com ênfase nos projetos Conceição I e II e Cauê, em Itabira; e Vargem Grande, na região de Itabirito.Os visitantes conheceram na Mina Conceição as instalações das novas plantas de beneficiamento do itabirito compacto.

Prumo Logística fatura R$ 2,1 milhões no segundo trimestre

A Prumo Logística, ex-LLX, teve lucro líquido de R$ 2,1 milhões no segundo trimestre deste ano, ante prejuízo de R$ 73,6 milhões no mesmo período do ano passado. A empresa aplicou R$ 483,3 milhões em investimentos no segundo trimestre, como o Porto do Açu, em São João da Barra (RJ), e o Ferroport, terminal de minério de ferro da companhia. A receita da empresa somou R$ 19,5 milhões durante o período, alta de 36,3% na comparação anual. "Com as obras de construção da infraestrutura do Porto do Açu entrando na sua fase final, o porto se torna uma realidade e os esforços passam a se concentrar na preparação para o inicio da sua fase operacional", afirmou a companhia.

Surgold inaugura instalações de projeto de ouro no Suriname

A Surgold inaugurou, na última sexta-feira (15), sua unidade de ouro em Merian, ao leste do Suriname. A mina pode entrar em operação em dezembro de 2016, segundo estimativas da empresa. “Até julho do ano que vem, 2.500 pessoas serão empregadas diretamente. Será um projeto gigantesco, sendo que uma parte dos equipamentos pesados já chegou e outra já está a caminho”, disse o diretor da empresa, Adriaan Van Kersen. A companhia assinou um acordo que garante que uma parte das vagas de emprego sejam destinadas à mão de obra local.

Gestão do Sindicato das Indústrias Minerais do Pará renova mandato

A atual diretoria do Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) renovou mais um mandato de quatro anos, de 2014 a 2018, durante cerimônia de posse na quinta-feira (14), na Federação das Indústrias do Estado do Pará (Fiepa). A diretoria, presidida por José Fernando Gomes Júnior, foi responsável pelo Anuário Mineral do Pará. Durante a gestão, também foi lançado o Concurso de Redação da Mineração, com o objetivo de despertar o interesse dos estudantes pela área mineral e incentivar a formação de futuros profissionais, além de convênios de cooperação técnica com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Mineração (Seicom) e Sindicato da Indústria Mineral do Estado de Minas Gerais (Sindiextra).