GERAIS

EUA pagou informante por provas de suborno da BHP Billiton

A Securities and Exchange Commission (SEC), dos Estados Unidos, pagou a um delator, que trabalhava na BHP Billiton, US$ 3,75 milhões por informações detalhadas para uma investigação sobre alegações de suborno de funcionários públicos na Ásia e na África, disse o jornal australiano Australian Financial Review nesta segunda-feira (29). A SEC tem funções similares à da CVM no Brasil, entre elas fiscalizar empresas com ações negociadas nas bolsas de valores dos EUA.

EUA pagou informante por provas de suborno da BHP Billiton

Citando fontes legais, o jornal diz que foi a primeira vez em que um empregado de uma companhia australiana recebeu uma recompensa por delatar uma empresa nos Estados Unidos. No ano passado, a BHP pagou...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora