EQUIPAMENTOS

CSN obtém licença para instalar filtros na sinterização em usina no RJ

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) obteve a licença ambiental para instalar filtros na sinterização que reduzirão sensivelmente a carga poluidora da siderúrgica na usina Presidente Vargas, em Volta Redonda (RJ). De acordo com fontes do setor, o investimento da empresa gira em torno de R$ 250 milhões.

Usina Presidente Vargas da CSN em Volta Redonda (RJ)/Reprodução

Usina Presidente Vargas da CSN em Volta Redonda (RJ)/Reprodução

Fontes informaram que os filtros vieram de uma empresa de São Paulo. Tratam-se de precipitadores eletrostáticos que controlam a emissão das partículas nas sinterizações. Isso irá impedir o lançamento das...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora