EMPRESAS

CBA alonga investimentos para 2027 para preservar caixa

A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) decidiu alongar seus investimentos até 2027 com o objetivo de preservar o caixa da empresa neste momento de instabilidade de mercado, mundial e local, por produtos de alumínio. No cronograma anterior, a empresa planejava distribuir os aportes até 2025.

 Luciano Alves, diretor-executivo da CBA/Divulgação

Luciano Alves, diretor-executivo da CBA/Divulgação

Quando abriu o capital, em julho de 2021, a CBA informou que faria investimentos de R$ 2,5 bilhões de 2022 a 2025. A empresa desembolsou R$ 1 bilhão até o final do ano passado. O pacote envolvia vários...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora