EMPRESAS

Ação contra BHP na Inglaterra por desastre de Mariana entra em fase de mérito

A ação coletiva movida contra a BHP por prejuízos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), em 2015, terá audiências diretivas marcadas para a terça (13) e quarta-feira (14), no Tribunal de Tecnologia e Construção, em Londres. Durante a fase de mérito, a juíza Finola O’Farrell vai discutir o gerenciamento do caso, os próximos passos, além de definir o calendário do julgamento.

 Danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG)

Danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG)

    "A ação da BHP contra a Vale novamente demonstra o fracasso de ambas as empresas em fornecer reparação e indenização adequadas aos mais de 200.000 afetados representados pela Pogust Goodhead...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora