EMPRESAS

Banca com ação de US$ 7 bi contra BHP por Mariana recebe aporte para casos ESG

O escritório de advocacia que representa pessoas, entidades e municípios na ação de quase US$ 7 bilhões contra o BHP Group por seu papel no colapso mortal da barragem da Samarco em Mariana (MG), em 2015, garantiu 100 milhões de libras esterlinas (US$ 118,41 milhões) em financiamento extra para combater mais casos relacionados a questões ESG como o que envolve a gigante da mineração.

Escritório representa 200 mil vítimas da barragem de Fundão/Agência Brasil

Escritório representa 200 mil vítimas da barragem de Fundão/Agência Brasil

O PGMBM, que também moveu ações coletivas contra outras grandes empresas como Volkswagen e British Airways, recebeu os fundos da empresa de investimentos North Wall Capital, de acordo com um comunicado...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora