Credores pedem que Vale e BHP assumam custos da tragédia de Mariana

Os maiores credores da mineradora Samarco, em recuperação judicial desde abril, entraram com nova petição na Justiça para que a companhia não assine nenhum novo acordo com órgãos governamentais para reparação socioambiental pelos danos causados pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), sem prévia aprovação dos credores.

Credores pedem que Vale e BHP assumam custos da tragédia de Mariana Credores pedem que Vale e BHP assumam custos da tragédia de Mariana Credores pedem que Vale e BHP assumam custos da tragédia de Mariana Credores pedem que Vale e BHP assumam custos da tragédia de Mariana Credores pedem que Vale e BHP assumam custos da tragédia de Mariana

Órgãos públicos negociam repactuação para reparação de danos/Agência Brasil

article_image