ECONOMIA

Cobre tem alta de um mês impulsionado por menor oferta e esperança de demanda

Os preços do cobre atingiram uma alta de quatro semanas nesta terça-feira (14), impulsionados por interrupções no fornecimento impostas pela pandemia causada pelo novo coronavírus e expectativas de demanda mais forte, embora os ganhos tenham sido limitados pela cautela em relação ao ritmo de uma recuperação econômica global.

Cobre tem alta de um mês impulsionado por menor oferta e esperança de demanda

O cobre de referência na London Metal Exchange (LME) subiu 2,9%, para US$ 5.163 por tonelada, às 1700 GMT. Os preços do metal usado pelos investidores como indicador de saúde econômica mundial atingiram...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora