BRASIL

Fim de sobretaxa dos EUA tem pouco efeito sobre exportações de aço

A decisão dos Estados Unidos de revogar a sobretaxa aplicada às exportações de chapas de aço carbono do Brasil deve ter pouco efeito sobre as exportações da siderurgia brasileira. De acordo com o presidente executivo do Instituto Aço Brasil, Marco Polo de Mello Lopes, a medida tem efeito limitado, uma vez que não afeta as cotas de 30% do volume de vendas de produtos siderúrgicos acabados nacionais.

 Chapas de aço/Divulgação

Chapas de aço/Divulgação

Segundo Lopes, o fim das ações antidumping é uma boa medida no ponto que retira uma restrição e reconhece que as exportações brasileiras não impõem riscos para o mercado americano, mas não favorece as...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo

Já tem uma conta?

Assine Agora