BRASIL

Ibram prevê aumento de custos com novas taxas estaduais de mineração

O aumento sistemático dos custos da mineração a partir de taxas criadas por governos estaduais tem prejudicado a previsibilidade dos investimentos e dos negócios no setor. A avaliação é do Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), para quem a adição de novas tarifas pode levar o setor a repetir o fraco desempenho de 2022.

Setor teve queda de faturamento em 2022

Setor teve queda de faturamento em 2022

O diretor-presidente do instituto, Raul Jungmann, apontou o que chamou de "ataque fiscal" por parte de governos estaduais como uma das principais preocupações da indústria da mineração. "Estamos preocupados...

Faça um teste gratuito para continuar lendo este artigo
Já tem uma conta?  
Assine Agora