BTG aponta esforço da Vale para reparar danos dos desastres ambientais

Em um momento em que o ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa, em português) ganha força entre os investidores, a Vale se esforça para reparar os danos dos desastres ambientais provocados pelas suas operações, diz o BTG. De acordo com seus analistas, embora os desastres de Mariana e Brumadinho, em Minas Gerais, demorem para serem superados, a percepção é de que a empresa está na direção certa para construir um caminho mais seguro e confiável.

BTG aponta esforço da Vale para reparar danos dos desastres ambientais BTG aponta esforço da Vale para reparar danos dos desastres ambientais BTG aponta esforço da Vale para reparar danos dos desastres ambientais BTG aponta esforço da Vale para reparar danos dos desastres ambientais BTG aponta esforço da Vale para reparar danos dos desastres ambientais

Obras da Vale para captação de água no Sistema Paraopeba, em Brumadinho

"Louvamos a humildade da Vale para aprender com erros anteriores e remodelar a empresa para o futuro", afirmaram os analistas Leonardo Correa e Caio Greiner.

article_image