MPF quer ação emergencial contra garimpo no rio Madeira

O Ministério Público Federal (MPF) pediu a adoção emergencial de ação coordenada de repressão e desarticulação ao garimpo ilegal de ouro na calha do rio Madeira e afluentes, no município de Autazes (AM). A recomendação é que órgãos e autarquias federais e estaduais competentes atuem de forma integrada, no prazo de 30 dias.

MPF quer ação emergencial contra garimpo no rio Madeira MPF quer ação emergencial contra garimpo no rio Madeira MPF quer ação emergencial contra garimpo no rio Madeira MPF quer ação emergencial contra garimpo no rio Madeira MPF quer ação emergencial contra garimpo no rio Madeira

Balsas e dragas de garimpeiros ilegais invadem rio Madeira/Reprodução