Renova suspende auxílio a 7 mil atingidos pela tragédia de Mariana em MG e ES

O Ministério Público Federal em Minas Gerais (MPF) instaurou inquérito para apurar por que a Fundação Renova interrompeu o pagamento de auxílios financeiros a pelo menos 7 mil pessoas da Bacia do Rio Doce, que compreende o Estado e o Espírito Santo, atingidos pela lama da que desceu de uma barragem da Samarco em 2015. O órgão deu prazo até essa quarta-feira (8) para que a entidade se manifestasse.

Renova suspende auxílio a 7 mil atingidos pela tragédia de Mariana em MG e ES Renova suspende auxílio a 7 mil atingidos pela tragédia de Mariana em MG e ES Renova suspende auxílio a 7 mil atingidos pela tragédia de Mariana em MG e ES Renova suspende auxílio a 7 mil atingidos pela tragédia de Mariana em MG e ES Renova suspende auxílio a 7 mil atingidos pela tragédia de Mariana em MG e ES

Lama da barragem de Fundão tomou conta do Rio Doce

 

Naquele ano, a barragem de Fundão da mineradora, controlada pela Vale e BHP Billiton, se rompeu em Mariana, na Região Central de Minas Gerais, matando 19 pessoas, destruindo

article_image