Atividades informais não recebem indenizações por rompimento de Mariana

Quatro anos após o rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana (MG), o volume de indenizações chega a R$ 1,84 bilhão. O processo, contudo, ainda não conseguiu indenizar os danos de atividades impactadas, mas que estão no limite da informalidade.

Atividades informais não recebem indenizações por rompimento de Mariana Atividades informais não recebem indenizações por rompimento de Mariana Atividades informais não recebem indenizações por rompimento de Mariana Atividades informais não recebem indenizações por rompimento de Mariana Atividades informais não recebem indenizações por rompimento de Mariana

Lama da barragem de Fundão

 

"São as atividades irregulares, para não chamar de ilegais", define Roberto Waack, diretor-presidente da Fundação Renova, criada em 2016 para implementar