Justiça determina bloqueio de R$ 3,6 Bi da Braskem

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) determinou o bloqueio cautelar de mais de R$ 3,6 bilhões da Braskem para garantir o pagamento de possíveis indenizações por danos materiais a famílias que tiveram imóveis afetados pelas rachaduras nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro, em Maceió. A extração de sal-gema realizada pela empresa na região foi apontada pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) como responsável pelos danos, causados por meio de abalos sísmicos.

Justiça determina bloqueio de R$ 3,6 Bi da Braskem Justiça determina bloqueio de R$ 3,6 Bi da Braskem Justiça determina bloqueio de R$ 3,6 Bi da Braskem Justiça determina bloqueio de R$ 3,6 Bi da Braskem Justiça determina bloqueio de R$ 3,6 Bi da Braskem