Atingidos pelo desastre de Mariana protestam contra a Fundação Renova

Os atingidos pelo acidente da Samarco, em Mariana (MG), protestam contra o não reconhecimento de parte dos 900 itens que consideram danos sofridos após o desastre. No próximo dia 5 de novembro, completam-se três anos do acidente. Amanhã (13), atingidos e representantes da Fundação Renova se encontram numa audiência de conciliação no fórum de Mariana para debater esse e outros assuntos.

Atingidos pelo desastre de Mariana protestam contra a Fundação Renova Atingidos pelo desastre de Mariana protestam contra a Fundação Renova Atingidos pelo desastre de Mariana protestam contra a Fundação Renova Atingidos pelo desastre de Mariana protestam contra a Fundação Renova Atingidos pelo desastre de Mariana protestam contra a Fundação Renova

Os atingidos vêm sendo assessorados pela entidade Caritas, que é ligada à Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e auxilia a população