Mineradora do MT é condenada a pagar R$ 200 mil após morte de trabalhador

A Justiça do Trabalho condenou em R$ 200 mil uma mineradora de Rosário Oeste, a 101 km de Cuiabá (MT), por dano moral coletivo após acidente em suas instalações que causou a morte de um motorista. A empresa, que atua na industrialização de calcário para correção de solo e extração de brita, terá também de adotar uma série de medidas para tornar mais seguro o local de trabalho.

Mineradora do MT é condenada a pagar R$ 200 mil após morte de trabalhador Mineradora do MT é condenada a pagar R$ 200 mil após morte de trabalhador Mineradora do MT é condenada a pagar R$ 200 mil após morte de trabalhador Mineradora do MT é condenada a pagar R$ 200 mil após morte de trabalhador Mineradora do MT é condenada a pagar R$ 200 mil após morte de trabalhador

Sede da Justiça do Trabalho no Mato Grosso/Divulgação

O acidente ocorreu em novembro de 2019, quando um caminhão, dirigido por um motorista da mineradora, despencou cerca de dez metros em uma estrada interna da empresa.