Justiça obriga Vale a vigiar imóveis em casos de rompimento de barragem

A Justiça determinou que a Vale implante medidas de vigilância em propriedades que forem atingidas, no caso de rompimento da barragem localizada no complexo minerário de Timbopeba, no perímetro de Antônio Andrade, distrito de Ouro Preto, para evitar saques, vandalismos e condutas criminosas. A determinação, atende a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Justiça obriga Vale a vigiar imóveis em casos de rompimento de barragem Justiça obriga Vale a vigiar imóveis em casos de rompimento de barragem Justiça obriga Vale a vigiar imóveis em casos de rompimento de barragem Justiça obriga Vale a vigiar imóveis em casos de rompimento de barragem Justiça obriga Vale a vigiar imóveis em casos de rompimento de barragem

Mina Timbopeba, da Vale, em Ouro Preto (MG)

 

Durante o processo, a empresa se negou a assumir essa determinação, alegando que o serviço de segurança seria obrigação do poder público, mas,

article_image