ANM vê risco iminente de rompimento de quatro barragens da Vale em MG

Uma inspeção realizada na última semana pela Agência Nacional de Mineração (ANM) constatou novas anomalias em quatro barragens da Vale, que estão no nível máximo de risco de rompimento. As barragens de Forquilhas I e III, entre Ouro Preto e Itabirito, Sul Superior, em Barão de Cocais, e B3/B4, São Sebastião das Águas Claras, distrito de Nova Lima conhecido como Macacos, todas em Minas Gerais, apresentam ameaça de rompimento iminente, de acordo com a agência. 

ANM vê risco iminente de rompimento de quatro barragens da Vale em MG ANM vê risco iminente de rompimento de quatro barragens da Vale em MG ANM vê risco iminente de rompimento de quatro barragens da Vale em MG ANM vê risco iminente de rompimento de quatro barragens da Vale em MG ANM vê risco iminente de rompimento de quatro barragens da Vale em MG

Barragem Sul Superior, em Barão de Cocais (MG)

Além das falhas, as chuvas que atingem o Estado desde janeiro aumentam ainda mais o risco de colapso das estruturas.