Prazo para descaracterização de barragens pode ser estendido em MG

Mineradoras responsáveis por mais de um quarto (26%) das 43 barragens construídas com o método de alteamento a montante em Minas Gerais, o mesmo utilizado naquelas que se romperam em Mariana (MG) e Brumadinho (MG), apresentaram à Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) cronogramas que não atendem ao prazo legal de três anos para a descaracterização dessas estruturas.

Prazo para descaracterização de barragens pode ser estendido em MG Prazo para descaracterização de barragens pode ser estendido em MG Prazo para descaracterização de barragens pode ser estendido em MG Prazo para descaracterização de barragens pode ser estendido em MG Prazo para descaracterização de barragens pode ser estendido em MG

Barragem de Fundão, da Samarco Mineração, em Mariana (MG)

Foi o que informou o titular da Semad, Germano Vieira, à Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), na quarta-feira (9), durante evento para prestação de contas por parte do

article_image