Trabalhadores afirmam que Vale fez detonações no dia do rompimento da barragem

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Brumadinho (MG) da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) ouviu, na segunda-feira (24), duas testemunhas que falaram sobre a detonação de explosivos na mina do Córrego do Feijão, no mesmo dia do rompimento da barragem, em 25 de janeiro.

Trabalhadores afirmam que Vale fez detonações no dia do rompimento da barragem Trabalhadores afirmam que Vale fez detonações no dia do rompimento da barragem Trabalhadores afirmam que Vale fez detonações no dia do rompimento da barragem Trabalhadores afirmam que Vale fez detonações no dia do rompimento da barragem Trabalhadores afirmam que Vale fez detonações no dia do rompimento da barragem

Rompimento da barragem em Brumadinho

 

O depoimento dos dois foi divergente em relação aos horários desta detonação.

article_image