Unidade da Vale Fertilizantes é ocupada por mulheres do MST

Integrantes do Movimento das Mulheres Sem Terra dizem que a companhia não repassou R$ 276 milhões ao INSS e lidera a lista de inscritos na dívida ativa da União. Elas querem que o governo cobre da companhia o montante antes de realizar a reforma da Previdência.

Unidade da Vale Fertilizantes é ocupada por mulheres do MST Unidade da Vale Fertilizantes é ocupada por mulheres do MST Unidade da Vale Fertilizantes é ocupada por mulheres do MST Unidade da Vale Fertilizantes é ocupada por mulheres do MST Unidade da Vale Fertilizantes é ocupada por mulheres do MST

Invasão na Serra da Borda

Cerca de 500 integrantes do Movimento das Mulheres Sem Terra ocuparam, na manhã de hoje (7), a unidade 2 da Vale Fertilizantes em Cubatão (SP) contra a reforma previdenciária.