Alcoa investe R$ 310 milhões na disposição de resíduos a seco

A Alcoa vai investir cerca de R$ 310 milhões na mudança da tecnologia de disposição de resíduo de bauxita da unidade de Poços de Caldas (MG). Depois de quase sete anos de estudos, a companhia decidiu implantar o sistema de filtro prensa, que elimina 70% da umidade do resíduo e permite o empilhamento a seco dos rejeitos. O início das obras está previsto para agosto e os trabalhos devem ser concluídos até o fim de 2022.

Alcoa investe R$ 310 milhões na disposição de resíduos a seco Alcoa investe R$ 310 milhões na disposição de resíduos a seco Alcoa investe R$ 310 milhões na disposição de resíduos a seco Alcoa investe R$ 310 milhões na disposição de resíduos a seco Alcoa investe R$ 310 milhões na disposição de resíduos a seco

Planta da Alcoa em Poços de Caldas (MG)/Divulgação

O projeto consiste na construção de uma planta de filtração na refinaria, que gera o resíduo seco com apenas 30% de umidade, equivalente à umidade natural do

article_image