Brasil vai exportar urânio e cortar compra de fertilizantes se projeto prosperar

Um projeto de mineração visto como prioritário pelo governo brasileiro tornaria o país um exportador de urânio e reduziria suas necessidades de importação de fertilizantes, caso avance. A maior economia da América Latina, que atualmente importa urânio para suas usinas nucleares e navios na maioria de suas necessidades de fertilizantes, se tornará mais autossuficiente com um projeto de US$ 400 milhões no empobrecido nordeste do país, de acordo com o consórcio formado para explorar o depósito.

Brasil vai exportar urânio e cortar compra de fertilizantes se projeto prosperar Brasil vai exportar urânio e cortar compra de fertilizantes se projeto prosperar Brasil vai exportar urânio e cortar compra de fertilizantes se projeto prosperar Brasil vai exportar urânio e cortar compra de fertilizantes se projeto prosperar Brasil vai exportar urânio e cortar compra de fertilizantes se projeto prosperar

Urânio/divulgação.

A estatal Indústrias Nucleares do Brasil (INB), que detém o monopólio da produção de urânio no Brasil, formou um consórcio com a empresa local de

article_image