Minas de cobre paradas no Chile

Os trabalhadores de minas chilenas entraram em greve, hoje, por 24 horas, por melhores salários e planos de aposentadoria. Lideranças sindicais defendem também a nacionalização do setor.

Os empregados da empresa estatal Codelco, maior produtora mundial de cobre, e de outras mineradoras privadas do Chile iniciaram uma greve de 24 horas para reivindicar melhores condições de trabalho e

topics

loader