Vale declara força maior e reduz embarque de minério de ferro em Tubarão

A Vale declarou “força maior”, na sexta-feira (27), para uma série de contratos de venda minério de ferro em consequência das condições climáticas na região sudeste do país. Com isso, deixará de ser embarcado um volume entre 3 milhões e 4 milhões de toneladas em 2013.
Vale declara força maior e reduz embarque de minério de ferro em Tubarão
Vale declara força maior e reduz embarque de minério de ferro em Tubarão
Vale declara força maior e reduz embarque de minério de ferro em Tubarão
Vale declara força maior e reduz embarque de minério de ferro em Tubarão
Vale declara força maior e reduz embarque de minério de ferro em Tubarão

Segundo o comunicado emitido pela empresa, fortes chuvas em dezembro, na região sudeste, principalmente no Espírito Santo, causaram inundações e deslizamentos de terra que afetaram a capacidade de transporte de minério de ferro por meio da Estrada de Ferro Vitória a Minas e as operações no porto de Tubarão.

“Como consequência, alguns trechos do Sistema Sudeste foram parcialmente ou totalmente paralisados, e o impacto estimado nos embarques de minério de ferro pode atingir entre 3 e 4 milhões de toneladas em 2013, das quais até 2 milhões de toneladas podem ser potencialmente recuperadas no primeiro trimestre de 2014”, diz o boletim da empresa.

De acordo com o comunicado, a mineradora trabalha para retomar com segurança as operações nos próximos dias e minimizar os impactos das chuvas.

No dia 23 de dezembro, a empresa já antecipava que, devido às chuvas, o transporte de passageiros pela EFVM teria operação reduzida nos dias 24 e 25 de dezembro. Estes são dias concorridos e com passagens vendidas grande com antecedência.

No início do ano, em fevereiro, a Vale passou por situação similar em Moçambique, de onde deixou de exportar cerca de 400 mil toneladas de carvão devido a fortes chuvas, durante quase um mês. A estimativa se baseia na produção mensal projetada para 2013.

loader
article_image