Antaq considera interdições nos terminais da CSN e da Vale "injustificadas"

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) classificou as interdições nos terminais da CSN e da Vale promovidas pelas prefeituras de Itaguaí e Mangaratiba, ambas no Rio de Janeiro, nos dias 16 e 22 de abril, respectivamente, como “injustificadas e ilegítimas”. A entidade encaminhou ofício ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea), na segunda-feira (10), elogiando o órgão por agir com celeridade contra as intervenções.

Antaq considera interdições nos terminais da CSN e da Vale "injustificadas" Antaq considera interdições nos terminais da CSN e da Vale "injustificadas" Antaq considera interdições nos terminais da CSN e da Vale "injustificadas" Antaq considera interdições nos terminais da CSN e da Vale "injustificadas" Antaq considera interdições nos terminais da CSN e da Vale "injustificadas"

Embarque de minério de ferro no Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro/Divulgação

A Antaq observou que o Inea é quem tem competência legal para tratar de licenciamento ambiental de ambos os empreendimentos: "A atuação tempestiva do Inea no sentido de

article_image