Pecém cresce 56% na movimentação de contêineres

O Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) registrou alta de 56% na cabotagem de contêineres (movimentação entre portos brasileiros) no primeiro semestre de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado. Os granéis sólidos, com ênfase no minério de ferro e carvão mineral, que são matéria-prima para a siderúrgica e usinas térmicas, mantêm a posição de carga mais relevante representando 54% da movimentação total acumulada, seguidos da carga conteinerizada, com 23%, carga geral solta (20%), e granel líquido (3%).

Pecém cresce 56% na movimentação de contêineres Pecém cresce 56% na movimentação de contêineres Pecém cresce 56% na movimentação de contêineres Pecém cresce 56% na movimentação de contêineres Pecém cresce 56% na movimentação de contêineres