Plano de R$ 15,5 bilhões para energia nuclear prevê ampliar exploração de urânio

O plano do Ministério de Minas e Energia (MME) com aporte de R$ 15,5 bilhões para retomar o programa de energia nuclear prevê investimentos na mineração de urânio. Segundo a Pasta, a iniciativa pretende ampliar a exportação de urânio/yellow cake para 1,5 tonelada por ano, além de retomar as obras da usina de Angra 3 e a construção de até oito novas usinas nucleares até 2050.

Plano de R$ 15,5 bilhões para energia nuclear prevê ampliar exploração de urânio Plano de R$ 15,5 bilhões para energia nuclear prevê ampliar exploração de urânio Plano de R$ 15,5 bilhões para energia nuclear prevê ampliar exploração de urânio Plano de R$ 15,5 bilhões para energia nuclear prevê ampliar exploração de urânio Plano de R$ 15,5 bilhões para energia nuclear prevê ampliar exploração de urânio

Plano prevê aumento da produção de urânio

O anúncio dos investimentos foi feito pelo ministro Bento Albuquerque na palestra "O Impacto Socioeconômico da Retomada Nuclear na Vida da Sociedade - o Setor Nuclear do Futuro", na

article_image