Área disputada por mineração em terra Yanomami é maior que Bélgica

Dados do Amazônia Minada, projeto do InfoAmazonia que monitora requerimentos de mineração em áreas protegidas da Amazônia, revelam que cerca de 3,3 milhões de hectares (34,3% da área total da TI) são requeridos para extração mineral na em Terra Indígena Yanomami, em 500 pedidos registrados na Agência Nacional de Mineração (ANM). A área corresponde a uma extensão territorial maior do que a Bélgica (3 milhões de hectares).

Área disputada por mineração em terra Yanomami é maior que Bélgica Área disputada por mineração em terra Yanomami é maior que Bélgica Área disputada por mineração em terra Yanomami é maior que Bélgica Área disputada por mineração em terra Yanomami é maior que Bélgica Área disputada por mineração em terra Yanomami é maior que Bélgica

Garimpo em terra indígena yanomami/Divulgação

A TI Yanomami, um território de quase 10 milhões de hectares divididos entre Amazonas e Roraima, é a terra indígena brasileira com maior área formalmente requisitada

article_image