Revisão de DFS reduz custo do projeto de ouro Borborema, da Big River

Uma análise da Big River do estudo definitivo de viabilidade (DFS, na sigla em inglês) para o projeto de ouro Borborema, no Rio Grande do Norte, reduziu os custos esperados para o desenvolvimento do projeto de US$ 99,3 milhões para US$ 90,7 milhões. A revisão do DFS também prevê queda no custo por onça de ouro produzida na operação.

Revisão de DFS reduz custo do projeto de ouro Borborema, da Big River Revisão de DFS reduz custo do projeto de ouro Borborema, da Big River Revisão de DFS reduz custo do projeto de ouro Borborema, da Big River Revisão de DFS reduz custo do projeto de ouro Borborema, da Big River Revisão de DFS reduz custo do projeto de ouro Borborema, da Big River

Projeto-Borborema-da-Big-River-em-Currais-Novos-RN.jpg

Segundo a Big River declarou que a revisão resultou em alterações no design do processo, com "melhorias substanciais à economia do projeto".