MPF pede suspensão do licenciamento de projeto de fosfato da Águia no RS

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação na Justiça pedindo a suspensão da licença prévia (LP) concedida pela Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para o projeto de fosfato Três Estradas da Águia Resources no Rio Grande do Sul. A Procuradoria da República solicitou também liminar para impedir que o órgão ambiental conceda a licença de instalação (LI) da operação.

MPF pede suspensão do licenciamento de projeto de fosfato da Águia no RS MPF pede suspensão do licenciamento de projeto de fosfato da Águia no RS MPF pede suspensão do licenciamento de projeto de fosfato da Águia no RS MPF pede suspensão do licenciamento de projeto de fosfato da Águia no RS MPF pede suspensão do licenciamento de projeto de fosfato da Águia no RS

Projeto de fosfato, Três Estradas, da Aguia Resources, no RS/Divulgação.

A Justiça Federal, porém, negou a expedição imediata da liminar e avaliou que há necessidade de ouvir a Aguia Fertilizantes, subsidiária da australiana Aguia

article_image