STF suspende julgamento de decreto que flexibiliza proteção a cavernas

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu na segunda-feira (21) o julgamento contra o decreto do presidente Jair Bolsonaro (PL) que flexibiliza a proteção às cavernas brasileiras. A apreciação foi adiada após o pedido de vistas do ministro Dias Toffoli. Com o julgamento ainda sem data para ser retomado, o placar está em 2 a 0, com votos dos ministros Ricardo Lewandowski e Cármen Lúcia contrários ao ato do governo.

STF suspende julgamento de decreto que flexibiliza proteção a cavernas STF suspende julgamento de decreto que flexibiliza proteção a cavernas STF suspende julgamento de decreto que flexibiliza proteção a cavernas STF suspende julgamento de decreto que flexibiliza proteção a cavernas STF suspende julgamento de decreto que flexibiliza proteção a cavernas

Supremo não tem prazo para retomar julgamento/Divulgação