Justiça nega vínculo trabalhista de sócios de subsidiária com júnior australiana

A Justiça do Trabalho negou os pedidos de dois geólogos que criaram a Orinoco Brasil Mineração e a Mineração Curral de Pedra, subsidiárias brasileiras da Orinoco Gold e, após saírem das companhias, queriam ser reconhecidos como funcionários da empresa australiana. Em ambos os casos, o Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região negou pedidos como indenizações trabalhistas ressaltando que os geólogos eram acionistas das subsidiárias e que atuavam como presidente e vice-presidente da Orinoco Brasil.

Justiça nega vínculo trabalhista de sócios de subsidiária com júnior australiana Justiça nega vínculo trabalhista de sócios de subsidiária com júnior australiana Justiça nega vínculo trabalhista de sócios de subsidiária com júnior australiana Justiça nega vínculo trabalhista de sócios de subsidiária com júnior australiana Justiça nega vínculo trabalhista de sócios de subsidiária com júnior australiana

Amostragem de exploração do projeto de ouro Cascavel, da Orinoco, em Goiás

A empresa foi fundada em 2012, para exploração da mina de ouro Cascavel, em Goiás, cujos direitos minerários estão registrados em nome da Mineração

article_image