Fabricante de joias da China é suspeito de golpe de R$ 15 bi com ouro falso

Uma fabricante de jóias de Wuhan listada na Nasdaq está sob investigação das autoridades da China por suspeita de ter usado barras de ouro falsas para garantir empréstimos de instituições financeiras chinesas. A Kingold Jewelry, listada na Nasdaq e baseada em Wuhan, usou 83 toneladas de barras de ouro como garantia para garantir empréstimos de US $ 2,8 bilhões (cerca de R$ 15 bilhões) de mais de uma dúzia de instituições financeiras chinesas.

Fabricante de joias da China é suspeito de golpe de R$ 15 bi com ouro falso Fabricante de joias da China é suspeito de golpe de R$ 15 bi com ouro falso Fabricante de joias da China é suspeito de golpe de R$ 15 bi com ouro falso Fabricante de joias da China é suspeito de golpe de R$ 15 bi com ouro falso Fabricante de joias da China é suspeito de golpe de R$ 15 bi com ouro falso

Barras de ouro falsas usadas em golpe da Kingold Jewerly

article_image