Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões a família por mortes em Brumadinho

Na primeira sentença em ação individual movida contra a Vale em razão do rompimento da barragem Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), em 25 de janeiro de 2019, o juiz Rodrigo Heleno Chaves, da comarca onde ocorreu o desastre, determinou que a mineradora indenize em um total de R$ 11,875 milhões os familiares de dois irmãos e de uma mulher grávida falecidos na tragédia. A ação teve tramitação de apenas cinco meses.

Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões a família por mortes em Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões a família por mortes em Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões a família por mortes em Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões a família por mortes em Brumadinho Vale é condenada a pagar R$ 11,8 milhões a família por mortes em Brumadinho

Bombeiros procuram vítimas após rompimento da barragem de Brumadinho (MG)