Vale tentou mudar cálculo para obter atestado em barragem, diz consultoria

A Vale tentou propor que a consultoria Potamos Engenharia e Hidrologia, responsável pelo cálculo do fator de segurança da barragem B1, na mina Córrego do Feijão, em Brumadinho, mudasse os parâmetros em 2018, um ano antes do rompimento. A empresa, que depôs na CPI que apura o caso nessa quinta-feira (25), foi afastada quando se negou a aceitar proposta da mineradora.

Vale tentou mudar cálculo para obter atestado em barragem, diz consultoria Vale tentou mudar cálculo para obter atestado em barragem, diz consultoria Vale tentou mudar cálculo para obter atestado em barragem, diz consultoria Vale tentou mudar cálculo para obter atestado em barragem, diz consultoria Vale tentou mudar cálculo para obter atestado em barragem, diz consultoria

Lama de rejeitos da barragem do Córrego do Feijão, da mineradora Vale, em Brumadinho (MG)

Durante o depoimento à CPI da Assembleia Legislativa do Estado, a engenheira civil e consultora da Potamos Maria Regina Moretti relatou que a mineradora questionava a base de cálculo que