Justiça mantém suspenso pagamento de R$ 2,6 Bi a acionistas da Braskem

O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) negou o pedido da Braskem para anular a decisão da Justiça que determinou a suspensão do pagamento de lucro da empresa a acionistas.Empresa é investigada por danos causados a mais de 2 mil casas em Maceió, possivelmente resultado da lavra de sal-gema na região, e teve valores bloqueados judicialmente.

Justiça mantém suspenso pagamento de R$ 2,6 Bi a acionistas da Braskem Justiça mantém suspenso pagamento de R$ 2,6 Bi a acionistas da Braskem Justiça mantém suspenso pagamento de R$ 2,6 Bi a acionistas da Braskem Justiça mantém suspenso pagamento de R$ 2,6 Bi a acionistas da Braskem Justiça mantém suspenso pagamento de R$ 2,6 Bi a acionistas da Braskem

Instalações da Braskem