Justiça nega pedido de suspensão do bloqueio de bens da Ourominas

O pedido da Ourominas Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (Ourominas DTVM) para a suspensão do bloqueio de bens foi negado pela Justiça Federal. Os R$ 72 milhões do patrimônio da empresa continuam bloqueados. A medida foi imposta após a descoberta de que a subsidiária da Ourominas, em Santarém (PA), comprou ouro de garimpo ilegal na região oeste do Estado.

Justiça nega pedido de suspensão do bloqueio de bens da Ourominas Justiça nega pedido de suspensão do bloqueio de bens da Ourominas Justiça nega pedido de suspensão do bloqueio de bens da Ourominas Justiça nega pedido de suspensão do bloqueio de bens da Ourominas Justiça nega pedido de suspensão do bloqueio de bens da Ourominas

Segundo nota do MPF, o valor foi calculado com base no aproveitamento econômico apenas do posto de compra de ouro de Santarém.